O que são construtechs? Conheça as startups da construção civil

Weni

|

20 de setembro de 2022
7 min. de leitura
Conteúdo
Avatar
Weni

|

20 de setembro de 2022
7 min. de leitura
O que são construtechs? Conheça as startups da construção civil

A construção civil é um dos setores mais tradicionais e um dos pilares da economia. Em 2021, por exemplo, o PIB da construção civil fechou em 9,7%, sendo essa a maior alta dos últimos 11 anos — segundo o IBGE. 

Por isso, o mercado da construção civil tende a andar em paralelo com os resultados econômicos. 

Devido ao aumento da competitividade, mudança de perfil do mercado consumidor e a necessidade de reduzir custos (e recursos ambientais) surgiram as construtechs. 

Historicamente, esse é o setor da economia que menos investe em novas tecnologias Nesse sentido, as novas startups objetivam o oposto: serem referência em inovações no setor. 

O que é uma construtech?

Uma construtech é uma startup do mercado de construção civil. São empresas scale-up que têm a tecnologia como cultura e base para seus processos. O termo construtech é união de construction (construção) e technology (tecnologia). 

São consideradas construtechs os negócios que atuam em qualquer pilar da cadeia da construção civil, como no canteiro de obras, mineradoras, incorporadoras e no pré e pós-obra. 

O objetivo é usar a tecnologia e investir em inovações para:

  • melhorar a qualidade de serviços prestados;
  • agilizar processos internos;
  • reduzir custos operacionais e gerenciais;
  • implementar processos e materiais sustentáveis e 
  • reduzir impactos ambientais (como reuso de materiais, redução de desperdícios, reutilização e redução no uso de água). 

Quando surgiram as construtechs 

No Brasil, as construtechs surgiram da última década. Além dos problemas e melhorias acima citados, essas startups buscam criar modelos de negócios escaláveis na construção civil — o que até então era bem difícil.

Algumas das grandes empresas referência no mercado das construtech já estão em atividade desde 2008, porém somente ganharam mais destaque nos últimos 6 anos. Essa popularização também é reflexo do aumento nas rodadas de investimento para essas startups.

Entre maio de 2021 e maio de 2022 os investimentos somaram cerca de R$5,83 bilhões, além de crescimento de quase 14% na quantidade de construtechs em atividade — De acordo com o 6º Mapa de Construtechs e Propetechs da Terracotta Ventures. 

Em quais áreas as construtechs atuam? 

As construtechs atuam em diversas pontas de cadeia da construção civil. Das mais de 955 construtech existentes (entre maio de 2021 e maio de 2022) elas atuam nos seguintes setores:

  • segurança do trabalho;
  • orçamento de obras; 
  • aluguel de equipamentos; 
  • gestão de funcionários e de canteiro de obras;
  • terceirização e contratação de mão de obra;
  • reformas e decorações;
  • busca por lotes e terrenos;
  • desenvolvimento de modelos 3D e maquetes interativas (como em realidade aumentada);
  • manutenção predial e 
  • gerenciamento de resíduos.

As construtechs também atuam no desenvolvimento de softwares e plataformas usadas na gestão de projetos, canteiro de obras e marketing de empresas do setor da construção civil.

Diferença entre construtech e proptech  

As proptechs (property e technology) é o termo usado para se referir a startups que atuam no mercado imobiliário e prezam pelo uso da tecnologia e inovação em seus processos. 

A principal diferença entre protechs e construtechs é que as proptechs atuam em soluções que envolvem o consumidor final, ou seja, intermediação imobiliária, compra e venda de imóveis, financiamentos, locação e condomínios. Já as construtechs estão voltadas ao planejamento de obras, gestão do canteiro e de mão de obra, reformas e relacionados.

Principais tecnologias usadas pelas construtechs 

As tecnologias usadas pelas construtechs vão desde processos de gestão e marketing, passando pelo monitoramento de obras em tempo real, podendo também ser usadas no gerenciamento de pessoas. 

Entre as principais inovações que as construtechs usam em seus processos, destacamos:

Inteligência Artificial 

O uso da Inteligência Artificial na construção civil já está revolucionando desde a gestão até o canteiro de obras. 

Nas construtechs, a IA é usada para resolver problemas, gerar e analisar dados e executar tarefas — principalmente as mais repetitivas. A principal e primeira implementação dessa inovação é feita no setor de atendimento e de gestão. 

A partir de chatbots com inteligência artificial, clientes, parceiros, funcionários e fornecedores têm acesso a respostas rápidas e mais ágeis. Esses mesmos bots geram dados sobre o atendimento e sobre o público. 

Além disso, por meio de machine learning, os chatbots das construtechs estão em constante aprendizado, podendo exercer novas funções e aprender conforme interage com as pessoas. 

Nos projetos e canteiro de obras, a IA já atua com: 

  • gestão de riscos no canteiro de obras – câmeras e equipamentos com IA podem prever e evitar acidentes de trabalho; 
  • planejamento e execução de obras – a IA gera e analisa dados que ajudam nas decisões dos projetos e
  • gestão financeira – atualização de entradas e saídas, envio de lembretes para cliente sobre vencimentos.

LEIA MAIS | Chatbots na construção civil

Impressões 3D 

Tanto para pequenos objetos usados nas construções até nas maquetes realistas e dinâmicas, as impressões 3D já são um diferencial para muitas construtechs. 

Porém, no exterior, o setor civil é ainda mais avançado! Em Dubai, por exemplo, um prédio com dois pavimentos foi construído totalmente por meio de partes impressas em impressoras 3D. Projeto esse que gerou uma economia de 400 mil dólares. 

Sistemas de gestão 

As planilhas fazem parte da maior parte dos processos de gestão das empresas voltadas para atividades da construção civil. Porém, por serem limitadas e não permitirem muitas automações, elas abriram espaço para os sistemas de gestão usados nas construtechs. 

Um exemplo é o Sienge, que pode ser usado em pequenas, médias e grandes empresas do setor da construção civil. Com ele, você integra canais, otimiza e gerencia os quatro principais pilares de uma construtech:

  • construção: gerenciamento desde o planejamento do projeto até o acabamento das obras; 
  • vendas: elaboração de contratos, envio automático e gerenciamento de vendas duplicadas;
  • financeiro: redução de custos, avaliação da saúde financeira e identificação de desperdícios e
  • pós-venda: relacionamento com o cliente, manutenções e administração predial.  

Você pode conferir mais inovações e tecnologias usadas na construção civil pelas construtechs no nosso artigo: Tecnologias na construção civil: tendências, usos e implementação  

Quais os benefícios e impactos das construtechs no setor da construção civil? 

Tanto o setor da construção civil quanto o mercado imobiliário são duas bases da economia brasileira, porém ainda encontram dificuldades em inovar. Essa realidade acaba gerando muitos custos, obras demoradas e burocracias na gestão de projetos e de pessoas. 

Para mudar esse cenário, as construtechs implementam tecnologias e novas formas de executar processos de forma que impactem em:

  • aumento de produtividade;
  • redução de custos operacionais;
  • melhora na gestão de pessoas;
  • redução de trabalhos repetitivos e burocráticos;
  • aumento da competitividade e escalabilidade de negócios, e 
  • economia de recursos

Uma construtech é uma startup do setor de construção civil que busca por inovação, tecnologias inteligentes e escalabilidade dos seus modelos. Já é tempo de o setor da construção civil e das imobiliárias começarem a atualizar seus processos e alavancarem no mercado. 

Essa é também uma forma de gerar mais valor aos serviços prestados e gerar novas oportunidades de negócios. 
Aproveite para acessar o nosso canal no YouTube e veja como você pode automatizar a atualização de cadastros, cobranças e envio de boletos usando um chatbot!

Weni é uma empresa de Inteligência Artificial aplicada na comunicação.Existimos para libertar o potencial humano e permitir que organizações de todo o mundo escalem o relacionamento com o público.Já impactamos milhões de pessoas com projetos em diversos estados brasileiros e em mais de 40 países.

Conteúdos relacionados

Copyright © 2022 Weni. All rights reserved.