Tecnologias Sustentáveis: por que adotar e principais tendências

tecnologias sustentáveis

As tecnologias sustentáveis são inovações que priorizam um novo olhar global para o meio ambiente, com o objetivo de impulsionar discussões e prestar atenção no impacto dos aspectos tecnológicos que mudam o mundo.

Profissionais e especialistas já estão desenvolvendo soluções tecnológicas em prol da sustentabilidade para reduzir ou eliminar o que causa o aquecimento global, por exemplo, com o uso da tecnologia e inovação.

Veja como fatores como as mudanças climáticas estão interferindo no pensamento dos novos negócios para se desenvolverem com a criação de tecnologias verdes. Os modelos de serviços e produtos atuais são pensados para transformar com a tecnologia.

Então, o que é ofertado hoje considera o seu impacto nos problemas mundiais e, portanto, reduz a exploração excessiva dos recursos naturais e conta com as tecnologias sustentáveis para diminuir as emissões de carbono, dentre outros benefícios para a sociedade.

O que são tecnologias sustentáveis? Entenda o conceito

tecnologias sustentáveis o que são

Tecnologia sustentável é agregar todo o conhecimento e aplicar priorizando a sustentabilidade. É ter responsabilidade com as questões ecológicas no meio em que vivemos e promover discussões globais sobre as consequências do que vem ocorrendo no mundo.

A atuação de empresas e governos vem sendo um ponto importante para adaptar as tecnologias presentes e futuras de forma que a sociedade como um todo entenda que precisa coexistir com o ecossistema.

O conceito da tecnologia sustentável é pensar no crescimento da população com o desafio de transformar a tecnologia tradicional de várias formas, redirecionando as concepções atuais.

Por que adotar tecnologias sustentáveis?

As práticas sustentáveis nas empresas devem ser adotadas para o desenvolvimento do próprio negócio, indo além de questões como a preservação da natureza. Por exemplo, os valores sociais de um fornecedor podem impactar em seu valor econômico se ele utilizar matérias-primas recicláveis.

Ou seja, empresas amigáveis com o meio ambiente investem na sustentabilidade. Os recursos sustentáveis geram produtos menos danosos ambientalmente e são investimentos mais duráveis.

Assim, o avanço da tecnologia digital traz vantagem competitiva e contribui para melhorias simples como a redução das emissões de gases poluentes ao utilizar menos papel. 

A sua empresa deve seguir por esse caminho nas pequenas coisas para alinhar o investimento econômico com as práticas sustentáveis que já são obrigações sociais e para preservar o ambiente em que vivemos às gerações futuras também.

Economia e redução dos gastos

redução de gastos com tecnologias sustentáveis

Sim, sustentabilidade e economia andam juntas. As ações sustentáveis melhoram o desempenho dos negócios quando a redução do consumo de energia, por exemplo, é uma prática sustentável economicamente ao mesmo tempo em que diminui o desperdício na geração dela.

Já existem tecnologias sustentáveis promissoras para incinerar resíduos e transformá-los em energia. A partir do lixo, é gerado vapor, água quente e eletricidade. A iluminação LED também é um ótimo recurso, pois aumenta a eficiência energética e reduz o consumo.

Ou seja, o uso de materiais que possam ser usufruídos sem causar impacto ambiental ainda diminui os custos econômicos. 

Outro exemplo é a implementação do TI verde, a sustentabilidade na área da tecnologia com a utilização de equipamentos recicláveis, otimização de processos com menos arquivos físicos e mais automatização, que evoluem a sua infraestrutura em TI e ainda agilizam a gestão sustentável.

Valorização do ESG

A responsabilidade social é um investimento para as empresas. Precisa de uma confirmação? Então conheça a sigla ESG (Environmental, social and corporate governance) referente a três critérios avaliados nos empreendimentos.

A governança ambiental, social e corporativa são medidas para avaliar a sustentabilidade e o impacto social de um investimento em uma empresa. Ou seja, empresas ESG são as que focam na sustentabilidade ambiental enquanto proporcionam um ambiente profissional saudável para os funcionários e melhoram a sociedade.

O mundo empresarial atual precisa mostrar que segue esses princípios no desenvolvimento de seus negócios, porque adotar uma agenda ESG valoriza a empresa no mercado. Essas empresas já representam 36% dos ativos financeiros totais no mundo.

Fortalecimento da marca

fortalecimento da marca com tecnologias sustentáveis

Ter uma relação positiva com os clientes é fundamental e, quando o seu negócio adota as tecnologias sustentáveis, ele demonstra uma boa imagem no mercado por se preocupar com a proteção ambiental e a vontade de fazer a diferença no mundo.

O desenvolvimento social é um comprometimento importante que equilibra a empresa entre o interesse comercial e o fortalecimento nas demais áreas da marca, inclusive a ambiental. Uma das maneiras de aumentar esse engajamento é promover a qualidade de vida por meio da sustentabilidade.

Dentro e fora dos muros da empresa, é preciso enfatizar as ações adotadas em prol do meio ambiente. Isso melhora a imagem da marca e mostra o quanto ela está empenhada em eliminar ou reduzir os seus impactos negativos para o mercado e para os clientes.

Diminuição na geração de resíduos

As tecnologias limpas controlam a geração de resíduos em uma série de processos que aumentam a eficiência de operações.

Já existem sistemas que automatizam o controle e a gestão dos resíduos, de modo a reduzir o seu espaço de armazenamento e propor alternativas mais econômicas para a empresa.

A utilização de recursos renováveis e a consequente diminuição do uso de reservas de recursos naturais são mais um dos benefícios trazidos por tecnologias sustentáveis, com o TI Verde sendo uma das práticas responsáveis que agregam na dimensão econômica enquanto minimizam os impactos ambientais.

7 exemplos de tecnologias sustentáveis promissoras

As inovações da tecnologia verde já geraram exemplos reais que controlam problemas crescentes e criam uma agenda de sustentabilidade para governos, assim como para a sociedade como um todo.

Os novos especialistas estão ligados nos riscos à saúde e ao meio ambiente do que não está na direção de produtos e serviços sustentáveis, procuram formas para combater o aquecimento global e impulsionar discussões tão importantes com ações.

Veja como as tecnologias ambientais e o desenvolvimento sustentável pensado por engenheiros e cientistas de todo o mundo estão gerando um menor impacto e ajudando a reduzir ou eliminar os prejuízos das mudanças climáticas.

1 – Carros e caminhões elétricos

exemplos inovações

Os veículos que não emitem gases, conhecidos como veículos ecológicos, têm essa fama por não causarem influência negativa ao meio ambiente. 

Com isso, veículos elétricos pessoais e comerciais ainda contribuem na redução da presença de gases poluentes na atmosfera, como por exemplo o dióxido de carbono (CO2), monóxido de carbono (CO) e óxido de nitrogênio (NOx).

Além desses fatores, a sua produção não tem mais um custo proibitivo como antigamente, o que garante uma transição eficiente para transportes que também não produzem hidrocarbonetos não queimados (HC), compostos de chumbo e dióxido de enxofre. 

Assim, os custos estão cada vez mais competitivos, aumentando a adoção dos veículos comerciais elétricos à bateria (BECVs) e veículos EV (electric vehicle).

2 – Captura e armazenamento de carbono

Esse é um subterfúgio para capturar o carbono das principais commodities industriais, como de plásticos, cimentos e carvão. A captura e o armazenamento seguro do carbono emitido pode levá-lo ao solo (de onde ele veio) ou mesmo pode movê-lo para um local de armazenamento adequado.

O CO2 recuperado com tecnologias sustentáveis reduz significativamente as emissões de gases do efeito estufa. Ainda mais, o carbono armazenado significa um poder lucrativo para o mercado com o seu uso de forma a gerar mais dinheiro transformando-o em outros produtos.

Ou seja, fabricantes pegam o carbono capturado e transformam em plásticos na indústria, como o poliuretano. Essa é uma técnica promissora e emergente para compensar e fazer a neutralização do CO2, incluindo a captura direta pelo ar, que anteriormente tinham um custo alto demais para serem feitos em escala.

3 – Fazendas verticais

fazendas verticais

Jardins instalados em edifícios e fazendas verticais no agronegócio são tecnologias sustentáveis para o meio ambiente que ajudam na economia de energia, além de trazer o desenvolvimento sustentável para os negócios.

Os jardins verticais não precisam de rotinas de rega que desperdiçam água, isolam altas temperaturas (economizando energia para aquecer ou resfriar o ambiente) por serem instalados no ambiente externo e, também por isso, ainda reduz a poluição auditiva. 

Já as fazendas verticais promovem o cultivo verticalizado com tecnologias inovadoras que objetivam focar no desenvolvimento sustentável. Elas auxiliam a plantação sem uso de agrotóxicos, muita economia de água e melhor aproveitamento do terreno cuidando do solo fértil.

Por exemplo, fazendas verticais de até 100 hectares podem utilizar luzes de LED que simulam a luz solar.

4 – Aproveitamento de energia solar

aproveitamento de energia solar

A energia solar é acessível e um dos sistemas mais pesquisados de energia renovável trabalhados na atualidade. 

A cada ano, ela se torna mais barata e exemplar dentro das tecnologias de conversão existentes, deixando de ser apenas uma tendência ou novidade. 

Pessoas em todo o mundo sem acesso à eletricidade, principalmente em países na África Subsaariana e no Caribe, podem utilizar o aproveitamento da energia solar em novas tecnologias como célula solar de perovskita, células de filme fino, energia heliotérmica e células solares com pigmentos vegetais.

Todas essas inovações exploram soluções renováveis para reduzir a dependência energética de combustíveis fósseis e gerar energia de forma mais econômica para milhões de pessoas.

5 – Eficiência da luz LED

A iluminação LED diminui em até 50% as emissões de dióxido de carbono e tem eficiência energética.

Ela substitui lâmpadas incandescentes tradicionais porque as lâmpadas LED reduzem o consumo de energia elétrica. Ou seja, uma lâmpada de LED usa menos energia que 25 lâmpadas incandescentes. 

O que ocorre é que luminárias desse tipo convertem mais de 80% da energia em luminosidade durante a noite. Por exemplo, uma lâmpada dicroica de 50W é igual a uma lâmpada LED de apenas 5W, mantendo a mesma luminosidade.

Assim, há economia real no bolso produzindo menos energia e um menor prejuízo ao meio ambiente com a iluminação sustentável da tecnologia LED. 

6 – Reciclagem e gestão de resíduos

Os resíduos domésticos e industriais aumentam muito em aterros sanitários e a gestão se faz necessária para os resíduos sólidos.

Tecnologias sustentáveis cada vez melhores evitam a contaminação do solo e do lençol freático eliminando os descartes indevidos com contêineres inteligentes que recebem qualquer tratamento, sistemas automatizados de rastreamento de resíduos alimentares e tecnologias de escaneamento óptico automatizado para separar o plástico de outros materiais.

Essas inovações são essenciais, ainda mais porque 60% do lixo comum ainda contém resíduos eletrônicos que contaminam os recursos naturais. Inclusive, existe uma legislação no Brasil, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010), que prevê o recolhimento desse lixo pelo próprio fabricante.

Em fevereiro de 2020, foi aprovado também o Decreto n° 10.388 para que facilite que a lei seja cumprida, regulamentando o sistema de logística reversa.

7 – Tratamento de águas residuais

tratamento águas residuais

Ainda existem poucos desenvolvimentos tecnológicos na área, então os investimentos desse tipo são importantes. Uma das tendências principais incluem as chamadas tecnologias vivas, baseadas na atuação de vegetais.

As tecnologias vivas tratam a água que vem de vasos sanitários, pias, tanques e máquinas de lavar. Outras inovações envolvem a filtração por membrana, células de combustível microbianas, desenvolvimento de tratamentos biológicos, nanotecnologia e sistemas de tratamento natural (por exemplo, em pântanos).

Os processos conhecidos tornam a água potável e também a água disponível para reuso, reduzindo significativamente o número de poluentes no processo de filtragem e tratamento. Além de diminuir essa presença de resíduos no que é lançado em mares e rios.

Conclusão

Neste post, trouxemos avanços das tecnologias sustentáveis que são um sucesso em diversas áreas, com novidades que são grandes vantagens observadas para alcançar a sustentabilidade.

Agora, você sabe o que são essas tecnologias, por que adotá-las e o seu impacto na prática para um caminho mais sustentável nas indústrias e empresas. A sustentabilidade já é muito valorosa em diversos aspectos empresariais e a tecnologia verde tem muita importância no crescimento dos negócios. 

Então, veja também a importância e impacto da potencialização da comunicação de projetos sociais com nossas tecnologias inteligentes que aumentam o interesse pela organização.

Hoje em dia, as tecnologias sustentáveis transformam o mundo e queremos realizar mudanças significativas junto a ONGs, fundações e negócios para engajar mais e mais pessoas através do uso de chatbots (assistentes virtuais).

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Deixe seu comentário!x
Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.