fbpx

3 casos de transformação digital em governos

A transformação digital em governos tem dado passos largos no que se refere à inovação. O uso da tecnologia para facilitar processos já é uma realidade, tanto na nossa vida pessoal como dentro das empresas. Do mesmo modo, no setor público a inovação também traz resultados positivos.

Muito se falou sobre isso em um evento promovido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em Bruxelas, onde foram reunidos líderes em governo digital de 33 países.

E uma das tecnologias usadas neste processo de transformação digital em governos são os chatbots. Neste artigo, você conhecerá 3 casos de uso de assistentes virtuais criados pela Ilhasoft em ações do governo. Confira!

Tecnologia e inovação no setor público: tempo para um novo governo

Infelizmente, os processos governamentais costumam ser mais burocráticos do que qualquer cidadão gostaria. Afinal, quem nunca se irritou ao ter que emitir um documento ou buscar uma informação em um órgão público?

Se por um lado o cidadão sofre com a lentidão na transmissão de informações, a corrida por documentos e deslocamento para cartórios, o sistema público pena com o acúmulo de demandas e a sobrecarga de solicitações.

Logo, a transformação digital em governos vem para desburocratizar e agilizar processos.

O uso da tecnologia torna possível que serviços que outrora eram prestados de forma presencial se transformem em serviços digitais e possam ser realizados à distância, o que é muito importante no momento que vivemos hoje.

Além disso, é possível criar canais de comunicação mais eficientes e capazes de transmitir informações de forma rápida e assertiva para o cidadão, evitando a sobrecarga dos agentes públicos e fazendo com que servidores foquem em atividades mais estratégicas.

Veja a seguir como os chatbots tem auxiliado os governos nestas demandas.

Chatbots na transformação digital em governos: exemplos de impactos positivos

Os chatbots, tão presentes na comunicação de empresas, também tem marcado presença em ações e canais governamentais.

Sistemas inteligentes programados para auxiliar pessoas e empresas em uma ou mais tarefas simulando conversas humanas, os chatbots – ou assistentes virtuaispodem ser utilizados de diversas maneiras de acordo com a estratégia de comunicação adotada.

Com o uso da inteligência artificial, os chatbots podem, por exemplo:

  • Ser programados para responder dúvidas;
  • Enviar materiais;
  • Emitir documentos;
  • Fazer agendamentos;
  • Realizar triagens de solicitações;
  • Direcionar atendimentos para agentes humanos;
  • Encaminhar para teleatendimentos.

E tudo isso de forma tão natural que muitas vezes o usuário nem nota que está falando com um bot.

Está duvidando? A seguir, vamos apresentar a Maia, a Jaque e o Plantão Coronavírus, três casos de transformação digital em governos em que chatbots construídos pela Ilhasoft são usados para educar, informar e agilizar a vida do cidadão.

Maia – chatbot na luta contra relacionamentos abusivos

Imagem produzida pelo MPSP

A Maia – Minha Amiga Inteligência Artificial – é um chatbot programado para desenvolver uma tarefa muito especial: conscientizar o público sobre relacionamentos abusivos.

Por estarem no início de suas vidas amorosas, é comum que adolescentes não consigam identificar comportamentos abusivos vindos de seus parceiros, o que acaba culminando em violência física e psicológica.

De acordo com a pesquisa Visível e Invisível 2019, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 42% das mulheres entre 16 e 24 anos sofreram violência em 2018 no Brasil.

A Maia foi desenvolvida como parte do projeto #NamoroLegal, idealizado pela Valéria Scarance, promotora de Justiça e coordenadora do Núcleo de Gênero do MPSP.

O projeto conta com uma cartilha que mostra os primeiros indícios de um relacionamento abusivo e orientações de como proceder diante de um.

Então, para tornar a interação com esta cartilha mais dinâmico que nasceu a Maia, um chatbot inteligente que usa o conteúdo da cartilha para dar informações e esclarecer dúvidas sobre o assunto de forma leve e didática.

Com o Push Chatbots, todo o conteúdo da cartilha foi transformado em diálogos e com a ajuda da tecnologia Bothub – que usa uma sofisticada inteligência artificial – foi possível programar a Maia para interpretar as necessidades do público e assim direcionar as melhores respostas para as suas dúvidas.

Incrível, não? A Maia fica disponível na página do MPSP dedicada ao projeto #NamoroLegal e você pode saber mais sobre ela clicando aqui.

Plantão Coronavírus – chatbot no combate ao Covid-19

Covid-19 | Coronavírus

O segundo caso de transformação digital em governos trata de um assunto bem atual: a pandemia de Covid-19.

O Plantão Coronavírus é um projeto do Governo do Ceará que tem como objetivo auxiliar no combate ao Covid-19. Por meio de diálogos com um chatbot no WhatsApp, a população pode realizar uma autoavaliação de seu estado de saúde e receber orientações de profissionais de plantão. Tudo isso sem sair de casa.

É um importante canal de comunicação para transmissão de informações verídicas sobre a pandemia e uma forma de evitar deslocamentos e aglomerações desnecessárias em hospitais, já que o assistente virtual orienta o usuário sobre a necessidade ou não de procurar uma unidade de saúde.

Além de realizar o atendimento online, o chatbot do Plantão Coronavírus também transmite informações atuais sobre a pandemia e cuidados de saúde mental para ajudar a enfrentar o isolamento social.

O chatbot do Plantão Coronavírus está disponível pelo WhatsApp, no Facebook Messenger da Secretaria de Saúde e no site do Governo do Ceará.

Jaque – Desburocratizando o serviço público

Número de interações com a atendente virtual Jaque ultrapassa os 500 mil

No início deste artigo falamos sobre a burocracia dos processos públicos e como a transformação digital em governos pode simplificar e agilizar algumas demandas. A Jaque é um exemplo perfeito disto.

Ela é um chatbot desenvolvido para o Já! – Central de Atendimento ao Cidadão do Governo de Alagoas.

Com o uso da Inteligência Artificial, a Jaque auxilia usuários respondendo dúvidas sobre as ações prestadas pelo Governo. Por estar integrado à interface de serviços, este chatbot possui acesso a dados específicos. Dessa forma, os conteúdos permitem elaborar respostas de forma personalizada para cada usuário.

Por fim, se você está duvidando da eficiência da Jaque, saiba que ela já realiza mais de 60 mil atendimentos por mês e é capaz até de emitir o documento de arrecadação do IPVA durante o bate-papo com o usuário.

Graças à Jaque, foi possível otimizar o atendimento virtual do Já!, proporcionando uma experiência positiva para o cidadão, que consegue ter suas solicitações respondidas em poucos minutos e sem sair de casa.

Desde abril de 2020, devido à pandemia do coronavírus, a Jaque também passou a realizar orientações sobre a Covid-19, além de solicitar informações do usuário. Conforme a necessidade, o atendimento é continuado por uma equipe médica de plantão.

A Jaque está implantada no site Guia de Serviços do Governo de Alagoas e você pode bater um papo com ela clicando aqui.


Se você ficou impressionado com a atuação dos assistentes virtuais na transformação digital em governos, que tal conversar com um dos nossos especialistas para saber mais?

.

Veja também: Como chatbots nas empresas podem ser úteis e trazer muitas vantagens para o seu negócio?

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Deixe seu comentário!x
Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.